Search
domingo 19 maio 2024
  • :
  • :

PF: Bolsonaro não vai deixar aeroporto de Brasília pelo saguão principal

PF: Bolsonaro não vai deixar aeroporto de Brasília pelo saguão principal

Segundo a PRF, há movimentação de apoiadores em direção a Brasília para receber o ex-presidente que vem dos EUA

Foto: ANA ISABEL MANSUR/ R7 BRASÍLIA

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que desembarca em Brasília na manhã desta quinta-feira, não vai circular pelas áreas comuns do saguão do aeroporto da capital federal. A Polícia Federal confirmou a informação, na tarde desta quarta, em coletiva de imprensa comandada pelo secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, sobre a volta do ex-presidente.

O secretário explicou que, a princípio, a Esplanada dos Ministérios e os acessos ao aeroporto não serão fechados nesta quinta. As vias vão ser monitoradas permanentemente e podem ter o fluxo interrompido, caso seja necessário. Bolsonaro deve chegar por volta das 7h.

“A princípio, o intuito é criar o menor prejuízo possível. Não há previsão de pontos de revista. A Polícia Militar do DF vai fazer triagem para o acesso ao aeroporto de motos e caminhões, por exemplo, e veículos de possíveis manifestações. Ocorrerá revista em situações de eventual suspeita”, explicou o secretário nesta quarta-feira.

Igor Ramos, superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no DF, afirmou que há movimentação de manifestantes em direção a Brasília para a chegada de Bolsonaro. “Ônibus virão para Brasília, mas não posso afirmar que existem caravanas.

Não há acréscimo considerável de veículos nas rodovias neste momento, o que não significa que não pode haver posteriormente. O monitoramento da PRF está sendo feito com a Agência Nacional de Transportes Terrestres. Não haverá bloqueios nas rodovias federais, mas, em caso de suspeita, haverá revista de pessoas e veículos”, informou o superintendente.

Avelar também disse que não serão permitidas manifestações no saguão do aeroporto. De acordo com o titular da SSP, é compreensível a expectativa de apoiadores em receber o ex-presidente, mas não no aeroporto, porque isso causa transtorno à população e atrasos no fluxo aéreo de outras cidades.

As autoridades pediram, ainda, que os apoiadores não se desloquem ao terminal para recepcionar o ex-presidente.

O local exato de saída de Bolsonaro do voo não está sendo revelado. As autoridades informaram que o assunto se refere ao planejamento da operação e, por isso, é de caráter reservado. Não vai ser permitida a permanência de terceiros nas áreas restritas e de segurança do aeroporto, por onde Bolsonaro vai circular.

Como ex-presidente, ele dispõe de algumas facilidades, como prioridade em filas, acompanhamento da PF e acesso a áreas restritas do aeroporto.

A Polícia Federal vai atuar no policiamento reforçado, ao lado das polícias Civil e Militar do DF, além de agentes do Departamento de Trânsito do DF (Detran) e o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF).

Participaram da coletiva de imprensa representantes das forças policiais do DF, da PF, da PRF, do Detran e da Inframerica, que administra o aeroporto de Brasília.

O representante da Inframerica na coletiva informou que, em relação aos procedimentos de inspeção, o desembarque de Bolsonaro vai ser feito como o de qualquer passageiro que chega ao Brasil.

O ex-presidente chega a Brasília por volta das 6h40min, em um voo vindo de Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos, para onde ele viajou em 30 de dezembro do ano passado.

FONTE R7



error: Content is protected !!