Search
terça-feira 25 junho 2024
  • :
  • :

Nem sobra, nem falta – Marcelo Etiene

Nem sobra nem falta

O tempo corre, se arrasta ou simplesmente passa? O que faz o tempo? Acho que a pergunta deveria ser o que nós fazemos com ele. O tempo não é uma medida, tampouco é um aliado ou inimigo. Fazemos dele o vilão das nossas ausências, atrasos e negligências. Culpamos o tempo como se ele se fizesse em nossas vidas de uma maneira alheia.

O tempo é nosso parceiro incidental. ele convive conosco, avisando tardiamente que eventualmente o perderemos. Devemos aprender a lidar com o tempo que temos sem temê-lo, mas acreditando que é possível estabelecer uma boa relação com ele. Que ele – o tempo, também envelhece, pois já não é mais o mesmo, como nós também não somos o que já fomos um dia. Ah, esse tempo! Ele nem sobra nem falta, mas está sempre na justa medida, não importa o quanto tentemos esticá-lo ou encolhê-lo. Ele mostrará seu rosto nos mostradores do relógio, no espelho, em meio às nossas marquinhas de expressão e nos fios de prata que nos presenteia como forma de se desculpar por ter que passar.

Que o tempo te leve a um pacto de convivência. Que você estabeleça uma boa convivência com seu tempo e que possa sempre entender que não há tempo perdido, pois ele estava lá, mesmo que você não tivesse percebido.

Boa sexta feira

Marcelo Etiene




error: Content is protected !!