Search
quinta-feira 24 setembro 2020
  • :
  • :

Passo Fundo – Organização criminosa é desarticulada pela Polícia Civil.

Passo Fundo: organização criminosa que comandava o tráfico de dentro de presídio e planejava homicídios é desarticulada pela PC

Créditos: Bruno Reinehr/Planalto News

A Delegacia de Repressão às Organizações Criminosas Organizadas (DRACO) da Polícia Civil de Passo Fundo desencadeou, na tarde desta terça-feira, 11, a ‘Operação Peralta’ com o cumprimento de seis mandados de busca/apreensão e a prisão de dois indivíduos pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, em Passo Fundo e Soledade. Durante as buscas ainda foi apreendido um adolescente por tráfico de drogas, sendo apreendido porções de maconha e apreendido 30 munições calibres 38 e 22.

Segundo o delegado Diogo Ferreira, que coordena a DRACO, a investigação descobriu planos criminosos articulados por um detento, que na época dos fatos (maio de 2020) estava recolhido no Presídio Estadual de Soledade, mas que é natural de Passo Fundo.

O detento comandava parte do tráfico de drogas em Passo Fundo, com negociação de entrega de drogas na cidade, de quem iria entregar, receber e posteriormente em quais pontos de tráfico a droga seria vendia.

Ele ainda negociava ainda a compra das drogas direto de traficantes de Passo Fundo que estão residindo na fronteira com o Paraguai.

“Durante as investigações descobrimos que esse detento estava planejando dois homicídios a serem praticados na cidade de Carazinho, onde os executores iriam de Passo Fundo a Carazinho, para assassinar outros traficantes de facção contrária. Neste ínterim estavam organizando de onde iriam pegar as armas de fogo, bem como os veículos para utilizar nos crimes”, informou Ferreira.

Tendo em vista atuação preventiva da Polícia Civil e Brigada Militar, os homicídios não ocorreram.

Nove pessoas são investigadas por pertencerem a esta organização criminosa. Durante as investigações, dois destes investigados foram presos em flagrante pela PRF trazendo a Passo Fundo 50kg de maconha. Além disso, outro investigado, identificado como Lucas Carvalho de Lima, conhecido como ‘pelego’, está foragido.




error: Content is protected !!