Search
quarta-feira 4 agosto 2021
  • :
  • :

Lázaro obrigou refém a fazer declaração de amor para a mulher

Caso Lázaro: Polícia encontra camisa ensanguentada que pode ser do assassinoLázaro obrigou refém a fazer declaração de amor para a mulher

Maníaco pediu para caseiro se declarar à companheira enquanto os dois eram amarrados.

Ele fez mulher cozinhar e roubou pertences da casa
Procurado pelas forças de segurança desde a chacina no Incra 9, em Ceilândia, na madrugada de 9 de junho, Lázaro Barbosa, 32 anos, chegou a obrigar um refém a fazer uma declaração de amor para a mulher. Na ocasião, Lázaro invadiu a casa, rendeu a família, amarrou os moradores e roubou pertences da casa.

Segundo o caseiro da chácara, Joberson Sousa de Jesus, 29 anos, o suspeito perguntou há quanto tempo ele e a mulher, Simone Silvo e Silva, 29 anos, estavam juntos. Em seguida pediu para que o marido se declarasse para a mulher, enquanto os dois eram amarrados juntos.

“Quando a gente falou que era casado há 10 anos, ele disse ‘faz uma declaração para sua mulher’, eu disse que não era bom com as palavras, mas ele mandou eu começar a declaração com ‘eu te amo’”, contou o caseiro ao Metrópoles.

O casal e seus três filhos, de 3, 6 e 10 anos, foram mantidos reféns por cerca de três horas na noite seguinte à chacina na Fazenda Vidal. Joberson contou que a família fechou a casa para dormir, mas a luz acabou às 20h30. “Nós achamos estranho, a luz acabou só aqui. Quando a luz voltou nós ficamos mais tranquilos.”

O caseiro relatou que o homem chutou a porta e entrou na casa para roubar a família. “Procurou dinheiro, arma, e queria que eu fizesse comida pra ele, fez a gente beber cerveja com ele também”.

Simone conta que o homem chegou bem nervoso, mas quando viu que a família estava assustada e que iria colaborar, se acalmou. “É pesado demais passar por isso. Muito angustiante. Todo momento nós achávamos que seria nosso último suspiro”, conta

.metropoles.com/distrito-federal




error: Content is protected !!