Search
segunda-feira 24 junho 2024
  • :
  • :

Republicanos se mobilizam contra, mas impeachment de Trump será analisado no Senado

Cinco republicanos foram favoráveis

Foto: Samuel Corum / AFP / CP

Democratas vão precisar persuadir pelo menos mais 12 parlamentares rivais para tirar direitos políticos do ex-presidente

Cinco republicanos foram favoráveis 

A maioria dos senadores republicanos votou nesta terça-feira,  contra o julgamento do ex-presidente Donald Trump por “incitamento à insurreição”. Ainda assim, cinco membros de seu partido se uniram aos democratas na votação para avançar com o processo de impeachment – pelo papel do ex-presidente em incitar uma multidão que atacou o Capitólio.

A votação por 55 a 45 abriu o caminho para o segundo julgamento de impeachment de Trump e eliminou por pouco um esforço republicano de rejeitar a acusação como inconstitucional. No entanto, ela sugere que o Senado não tem votos suficientes para condenar o ex-presidente.

A oposição ressaltou a força que Trump ainda tem no partido, mesmo depois de sua campanha para reverter a derrota eleitoral, alimentada por falsas alegações de fraude e o ataque mortal de extremistas depois que ele os incentivou a ir ao Congresso para lutar contra o resultado.

Rand Paul, senador republicano de Kentucky, levantou uma questão de ordem para realizar uma votação sobre a constitucionalidade do julgamento de impeachment uma vez que Trump já deixou o cargo. Os democratas então convocaram uma votação para eliminar a questão de ordem, vencendo por 55 a 45.

A Câmara dos Deputados apresentou um único artigo de impeachment ao Senado na segunda-feira, acusando Trump de incitar a invasão ao Capitólio no início do mês, dando início ao histórico primeiro julgamento de impeachment de um ex-presidente.




error: Content is protected !!