Search
domingo 14 julho 2024
  • :
  • :

DE ONDE VEM OS MAYAS E OS AZTECAS?

Pode ser uma imagem de o Aqueduto de SegóviaDE ONDE VEM OS MAYAS E OS AZTECAS?
Charles Étienne Brasseur de Bourbourg (1814 – 1874) foi um abade flamengo do século XIX.
Além de sua profissão clerical, o abade francês é universalmente conhecido por suas importantes contribuições para o conhecimento dos povos mesoamericanos.
Na verdade, Charles Étienne Brasseur foi também um renomado escritor, etnógrafo e arqueólogo que se especializou particularmente no estudo das civilizações maias e astecas.
Segundo o estudioso, os maias lembraram sua terra natal como um “continente localizado no Pacífico” que mais tarde afundou.
Eles chamaram a este continente de “Terra de Mu”.
Alguns anos atrás, pensava-se que isto era uma lenda. Mas a chegada dos satélites provou que tudo isso é verdade. Na verdade, a atual Indonésia e Austrália são “remanescentes” de um continente muito maior, a que os cientistas chamam Sundaland.
Este continente localizado nas águas do Oceano Pacífico estava parcialmente submerso há 14.000 anos quando o Oceano Pacfico subiu em cerca de 140 metros.
Como os Maias souberam sobre o “continente afundado” no Oceano Pacífico?
É uma coincidência incrível? Ou os seus antepassados realmente vieram de Sundaland?
Mais uma vez, se ouvíssemos a ciência e não os nossos preconceitos, os Maias teriam toda a razão.
Seus antepassados vieram de Sundaland.
Como podemos ter certeza?
Segundo Kenneth M. Olsen, um biólogo especializado em evolução vegetal na Universidade de Washington em St. Louis, temos provas irrefutáveis de que navegantes das regiões de Sundaland e Sahuland viajaram para o Panamá na América Central em tempos pré-colombianos.
A “prova viva” é a presença do coco na América.
Este investigador descobriu que todos os coqueiros, onde quer que estejam no mundo, vêm da Índia ou da antiga região de Sundaland.
Além disso, o professor explica que, pelo menos no que diz respeito às longas distâncias, o coqueiro não migra naturalmente, ao contrário das sementes de outras plantas.
Se for caso disso, deve ser transportado por humanos para outras regiões distantes para criar raízes lá. Se o coqueiro chegou à América Central em tempos pré-colombianos, significa que outros marinheiros chegaram à América antes de Cristóvão Colombo e o plantaram.”
#agoralanavedelmisterioylacultura Web.com
Todas as reações:

Renato Sergio Klein e outras 3,3 mil pessoas




error: Content is protected !!