Search
sexta-feira 15 novembro 2019
  • :
  • :

Trump enfatiza no Twitter apoio para Brasil virar membro da OCDE

Encontro em março definiu apoio

Foto: Brendan Smialowski / AFP / CP

Presidente dos EUA classificou reportagem da Bloomberg de “fake news”

Encontro em março definiu apoio

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tuitou enfatizando manter o apoio ao Brasil no “começo do seu processo para ser membro da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico OCDE”. Ele classificou de “fake news” a reportagem da Bloomberg.com que relatou que os norte-americanos teriam deixado de apoiar a entrada brasileira na organização.

“O comunicado em conjunto publicado com o presidente Bolsonaro em março deixa absolutamente claro que eu apoio o início dos procedimentos para o país obter sua posição”, escreveu Trump. “Os EUA mantém sua posição sobre o comunicado e apoia Jair Bolsonaro.”

A informação da Bloomberg.com, de que Romênia e Argentina receberam prioridade para entrarem no organismo, não foi negada.

Em março, em visita de Bolsonaro aos EUA, Trump apoiou o início do processo de adesão do Brasil para se tornar membro pleno da OCDE. Em troca do aceno, Bolsonaro fez concessões unilaterais, como dispensar a exigência de visto a norte-americanos, e começou a renunciar a tratamentos especiais destinados a países em desenvolvimento em negociações com a Organização Mundial do Comércio (OMC), etapa necessária para a adesão.

O apoio dos EUA à Argentina e à Romênia ocorre em um momento em que os dois estão passando por convulsões políticas. No primeiro, o liberal Mauricio Macri enfrenta uma batalha contra o tempo e as urnas para buscar sua reeleição no final deste mês, apesar de ter perdido votação primária por 16 pontos percentuais em agosto para o candidato peronista Alberto Fernández.  Já a nação europeia perdeu seu terceiro primeiro-ministro nesta quinta-feira – o governo foi deposto em um voto de confiança do Parlamento.

Correio do Povo




error: Content is protected !!