Search
sábado 20 Janeiro 2018
  • :
  • :

PGR denuncia sete do PP na Operação Lava Jato

Dentre os acusados de corrupção passiva e ocultação de bens está o gaúcho José Otávio Germano

Dentre os acusados de corrupção passiva e ocultação de bens está o gaúcho José Otávio Germano | Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados / CP

                Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados / CP
A Procuradoria Geral da República (PGR) ofereceu nesta quarta-feira denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra sete políticos do PP implicados na Operação Lava Jato. São eles: Arthur Lira (AL), Mário Negromonte Jr. (BA), Luiz Fernando Faria (MG), José Otávio Germano (RS), Roberto Britto (BA) e os ex-deputados Mário Negromonte (BA) e João Alberto Pizzolatti (SC). Todos são acusados de corrupção passiva e ocultação de bens.
Negromonte Jr. foi denunciado também por organização criminosa e por tentar atrapalhar as investigações. A denúncia foi oferecida no inquérito que, inicialmente, investiga Pizzolatti por ser beneficiário do esquema de propinas na Petrobras. O pedido da PGR é sigiloso porque tem como base informações prestadas em acordos de delação premiada ainda em segredo de Justiça.

Todos são alvos de outros procedimentos no STF no âmbito da Lava Jato. São mencionados no inquérito sobre o “quadrilhão”, que investiga parlamentares, ex-parlamentares e operadores do esquema. Pizzolatti é alvo de quatro inquéritos, Lira de três, Germano de dois, e os demais de um inquérito cada. O PP é o partido com o maior número de investigados por corrupção da Petrobras.



error: Content is protected !!