Search
quarta-feira 27 maio 2020
  • :
  • :

Manuela depõe sobre hackers e entrega celular à PF

Ex-deputada postou em rede social a informação

A ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) prestou depoimento à Polícia Federal sobre o contato que teve com hackers que acessaram supostas conversas de aplicativos de mensagens de autoridades do governo, do legislativo e do Judiciário.

Manuela afirmou que o hacker a procurou, dizendo ter copiado conteúdo de celulares de integrantes da Lava Jato e solicitando o contato do jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil e autor de reportagens sobre o assunto.

A candidata a vice-presidente na chapa derrotada do petista Fernando Haddad ao Palácio do Planalto também entregou o celular para que passe por perícia e comprove o teor dos diálogos.

Nesta quinta-feira, a ex-deputada postou em rede social a informação. “Ontem entreguei, voluntariamente, meu celular para a PF. Eu já havia entregue os prints de todas as conversas. Ontem entreguei as informações do telefone p q fique comprovado [sic] a veracidade das informações que prestei voluntariamente em meu depoimento”.

As reportagens mostraram supostas mensagens do ministro da Justiça e Segurança Pública, o ex-juiz federal Sergio Moro, e procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, que indicaram uma cooperação indevida entre eles. Para críticos, essa cooperação pode levar à contestação de condenações que Moro determinou.

O ministro e os procuradores não reconhecem a autenticidade das mensagens, apesar de negarem qualquer irregularidade no conteúdo delas.




error: Content is protected !!