Search
quinta-feira 18 Janeiro 2018
  • :
  • :

Não me Toque- Brigada Militar tem quartel fechado

A função mais básica de um Estado é fazer o possível para proteger a vida de seus cidadãos, mas não é o que está ocorrendo no Rio Grande do Sul.

    Prova disso é a medida que passou a valer a partir da última madrugada em Não-Me-Toque. Por ordem do comando de Carazinho a partir de agora em todas as segundas, terças e quartas-feiras o destacamento da Brigada Militar de Não-Me-Toque está sendo fechado da meia noite às seis horas da manhã.

    Nos dias e horário referidos não existirá policiamento algum no município, nenhuma patrulha, fiscalização, monitoramento nas câmeras ou sequer um policial a disposição para ouvir uma queixa e realizar o registro de ocorrências, ou seja, o município estará totalmente desguarnecido na parte da segurança pública, vulnerável a ação de criminosos que já causaram pânico em municípios da região. Um exemplo comum, em casos de acidente de transito não haverá a quem o cidadão contatar para solicitar registro ou ainda auxilio em casos de gravidade.

    A situação gera grande apreensão, já nesta última noite em ligações ao destacamento local da Brigada Militar os telefones tocavam sem parar e sem uma única pessoa para atender. A expectativa é de que com a divulgação do caso uma forte força politica seja imediatamente iniciada, provocando inclusive o judiciário para que avalie a decisão e que possa estar agindo em defesa da segurança de Não-Me-Toque.

     As informações foram repassadas ao Portal NMT de notícias por brigadianos que demonstraram indignação e desânimo com a decisão imposta, com demonstração de desconhecimento de todo o trabalho desenvolvido no município com objetivo da manutenção da ordem. Os agentes de segurança pública não terão seus nomes revelados para que se evitem represálias aos servidores.

 Fonte

Portal NMT / POSTADA POR RONALDO PINHEIRO



error: Content is protected !!