Search
quinta-feira 18 Janeiro 2018
  • :
  • :

Alma fraca que hoje é forte

Alma fraca que hoje é forte

Pureza que enfraquece o meu corpo
Pureza essa que fortalece a minha alma
Essa Alma que a princípio era tão fraca e doce
Será ela hoje tamanha grandiosidade.

Como podes, doce alma, tornares-te
Tão pura e ao mesmo tempo tão forte?
Como podes, fraca alma, tornares-te
Tamanha grandiosidade?

De onde vens grandiosa divindade?
Como podes vir de um nada
Se tens uma razão?
Que razão é essa que tanto me completa?
Serás tu o amor que há tão pouco me realizou?

Agradeço a ti, anônima sensação,
Pois sem ti não seria hoje
Essa alma que há tão pouco se realizou.

Para quê rimarmos textos?
Se sabemos que por trás de tais palavras
Existem milhares de significados?

As palavras têm o seu brilho e tu também tens.
Realiza-as e faz com que as tuas palavras
Brilhem no coração de cada leitor!




error: Content is protected !!